CADA UM DE NÓS

Cada um de nós é um exército de dois homens sós. Um que vive sozinho, bem no fundo e outro que respira o último ar exterior

um que luta contra o mundo e outro contra seu interior.


Cada um de nós é um exército de dois seres sós. Um que procura um norte e outro que quer desaparecer

um que enfrenta a morte e outro que nos obriga a viver.


Cada um de nós é a tristeza de duas almas sós. Uma que perdeu a linha outra que fia e costura

uma que chora e definha porque a outra não a procura.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

De todos os ritos de todos os ferros os que melhor nos prendem à rocha dos mitos são os os elos dos grilhões de Eros.

A vida é um punhado de átomos que a vida tomou emprestado do universo, mas logo devolve. Parece que é o tempo passando mas são só seus processos físico-químicos reagindo. Mesmo a eternidade dura pouco

Corra, corra, corra de tudo até à beira do nunca mais até chegares à fronteira do mesmo nada em que te esvais. Então salta em teu próprio abismo queda-te de joelhos, terno reza o silêncio ouro em seu