POEMA DA NOITE

A vida é um punhado de átomos que a vida tomou emprestado do universo, mas logo devolve. Parece que é o tempo passando mas são só seus processos físico-químicos reagindo.

Mesmo a eternidade dura pouco só até ali em frente. Não é mais que o aroma indelével de uma sutileza a triste verdade da impermanência.

Somente os frutos da imaginação do engenho humano não existiam antes e podem permanecer além porque partiram de uma ideia e não da matéria.

Uma ideia é a única realização capaz de tornar sólido o que não existia antes.

Você não percebeu o que parece o tempo passando é só o universo tomando de volta o que, na verdade, nunca nos pertenceu.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

De todos os ritos de todos os ferros os que melhor nos prendem à rocha dos mitos são os os elos dos grilhões de Eros.

Corra, corra, corra de tudo até à beira do nunca mais até chegares à fronteira do mesmo nada em que te esvais. Então salta em teu próprio abismo queda-te de joelhos, terno reza o silêncio ouro em seu